Seja bem vinda(o)!

Ajuda

Meus Pedidos Contate-nos

Amarcrinum

Bulbos de Amarcrinum, um híbrido resultante do cruzamento entre Amaryllis belladona e Crinum moorei. É um muito florífera e bela, com o vigor do Crino e a graciosidade do Amarílis Belladona. Esta variedade apresenta flores cor-de-rosa, sustentadas em pedúnculos altos como buquês.

3 Avaliações (5.0/5)

De: R$9,50

Por R$8,12

Esgotado

Compartilhar com amigos
Mais Detalhes
Informações Adicionais
Unidades na embalagem 1 unidade
Fabricante Toca do Verde
Produto Bulbo
Nome botânico X Amarcrinum
Nome popular Amarcrinum, Amacrinum
Clima Equatorial, Subtropical, Tropical, Tropical de Altitude
Regiões Próprias para o Cultivo Centro-oeste, Nordeste, Norte, Sudeste, Sul
Luminosidade Sol Pleno, Meia Sombra
Altura da planta 60 a 90 cm
Espaçamento 38 a 45 cm entre plantas
Cor das flores Rosa
Cor da folhagem Verde
Época de plantio Primavera, Verão, Ano todo em clima quente
Época de floração Verão, Primavera
Características Flores perfumadas, Ornamental, Pode ser plantada em vasos, Pode ser usada como Flor de corte
Comentários

Avaliações 3 item(s)‎

  • Excelente Produto
    Bulbos de ótima qualidade, já estão brotando.
    Avaliação Geral
    Avaliado por Carla (Postado em 13/11/2019)
  • Eu quero...
    Que coisinha mais linda é esta AMARCRINUM. Estou aflita para comprar. Quando estará disponível novamente? Parabéns Toca do Verde, sempre com ótimos produtos!
    Avaliação Geral
    Avaliado por Beatriz-São Paulo/SP (Postado em 02/10/2018)
  • Já está com algumas folhas saindo
    Já está se desenvolvendo (plantada há 3 semanas).
    Avaliação Geral
    Avaliado por BP (Postado em 10/07/2018)
Descrição
Bulbos de Amarcrinum, um híbrido resultante do cruzamento entre Amaryllis belladona e Crinum moorei. É um muito florífera e bela, com o vigor do Crino e a graciosidade do Amarílis Belladona. Esta variedade apresenta flores cor-de-rosa, sustentadas em pedúnculos altos como buquês.

Suas flores são cônicas, grandes, de uma beleza estonteante. Sua folhagem é também bastante ornamental.

Tem um rápido desenvolvimento, despontando inicialmente a flor e depois a folhagem que permanece pelo verão e depois, quando chega o frio, ela seca. O bulbo então entra em período de dormência, perdendo todas as folhas e adquirindo uma aparência "sem-vida", após esse período de descanso o ciclo recomeça.

De cultivo simples, basta cobrir o bulbo de terra, regando sem exagero tão somente para manter a terra sempre úmida. Gosta de muita fertilidade, irrigação e drenagem. Seu substrato deve conter boa quantidade de matéria orgânica.

A tendência natural é florescer no início da primavera. Aprecia solo solto e sol pleno.

Bulbo destinado unicamente ao cultivo ornamental.