Nabo Japonês Minowase (Rabano) (Ref 192)

Mais Imagens

Nabo Japonês Minowase (Rabano) (Ref 192)

R$1,63

Disponível: Em estoque

Sementes de Nabo Japonês Minowase Rabano Raphanus sativus var. acanthioformis. Nabo de formato cilíndrico e sabor levemente amargo.

Envelope de 2,5 gramas, aproximadamente, 175 sementes.
Descrição

Detalhes

Sementes de Nabo Japonês Minowase Rabano Raphanus sativus var. acanthioformis. Nabo de formato cilíndrico e sabor levemente amargo.

CARACTERISTICAS GENÉRICAS:
Época de SemeaduraTodo o ano
Ciclo (dias)60 Verão / 80 Inverno
Ciclo Verão (dias)60
Ciclo Inverno (dias)80
Tipo de raízesCilíndricas
Cor da raizBranca
Comprimento comercial30 - 45 cm
Diâmetro comercial04 - 07 cm


Sua popularidade não é das melhores. Mas é injustamente que o nabo é preterido frente a outros tubérculos, já que suas propriedades são muitas. Pertencente à família Brassicaceae, da qual fazem parte mais de três mil espécies, o nabo possui diferentes formatos e colorações. Os tubérculos, com sabor levemente amargo e refrescante, são ricos em vitamina C, fibras e sais minerais, além de conterem baixas calorias. Possuem propriedades diuréticas e expectorantes. As folhas, que também são comestíveis e mais nutritivas que os tubérculos, são excelente fonte de cálcio e de vitaminas A, K e C. Apreciado na culinária de vários países, o nabo foi trazido ao Brasil pelos colonizadores portugueses. É fácil de preparar e pode ser consumido em receitas cru ou cozido, além de substituir as batatas em diversos pratos, já que é chamado de "batata da culinária ancestral". Uma curiosidade do nabo é a propriedade de tirar manchas. Em restaurantes japoneses, por exemplo, quando a roupa é manchada com molho shoyu, basta esfregá-lo para que o problema desapareça. O nabo pode ser cultivado o ano todo e se desenvolve bem em solos drenados e férteis. Necessita de boa luminosidade e de temperaturas amenas.

Originário da Sibéria, o nabo foi introduzido na Europa no século XVI e posteriormente trazido para a América pelos colonizadores. Planta muito utilizada na medicina chinesa e um dos principais alimentos em regiões de inverno rigoroso na Europa antes do aparecimento da batata. Pertence à família das Brássicas, assim como o repolho, couveflor e mostarda. Apesar de comumente nos referirmos às raízes do nabo, essa hortaliça não é uma raiz do ponto de vista botânico pois se forma a partir do engrossamento da base do caule. É um alimento leve, pouco calórico e de fácil digestão;

Consome-se preferencialmente a raiz, mas as folhas também são comestíveis e muito ricas em vitaminas e minerais. O nabo pode ser consumido cru ou cozido, sendo que o nabo comprido é mais utilizado cru e o redondo é preferido para pratos cozidos por ter um sabor mais adocicado. Para uso cru, em saladas, prefira as raízes menores e colhidas mais cedo. Nessa forma pode ser consumido com o tempero de sua preferência ou em saladas mistas, substituindo o rabanete e a couve rábano. Quando as raízes são colhidas menores, com a casa bem fina, não há necessidade de descascá-las. Se for preciso descascar, retire uma camada bem fina evitando desperdício. Use os nabos maiores para sopas, cozidos e purês. Ao ser cozido, o nabo perde a picância e o sabor amargo e fica com um sabor suave como o da batata. O cozimento pode ser feito em água fervente, no vapor ou no micro-ondas. Em alguns países da América do Sul a folha de nabo é apreciada e cozida como o espinafre. É servida com molho tabasco ou temperada com manteiga, sal e pimenta. Quando novas, as folhas também podem ser usadas cruas em saladas em pequenas quantidades, apesar de nessa forma serem indigestas para algumas pessoas.

Conservar:
As folhas e as raízes devem ser guardados separadamente. Destaque as folhas, lave-as com cuidado para não machucá-las, escorra o excesso de água e guarde em saco ou vasilha de plástico em geladeira, ou congele-as da mesma maneira que se congela o espinafre. As raízes se conservam bem fora da geladeira desde que por períodos curtos. Em geladeira doméstica pode ser mantido por 15 dias sem prejuízo da qualidade. Se for preciso lavar as raízes antes de armazená-las, seque as bem com papel absorvente ou pano limpo. Em seguida, acondicione-as em saco ou vasilha de plástico e refrigere. As raízes podem ser congeladas para uso posterior em pratos cozidos, mas não para uso na forma crua. Corte em pedaços e faça o branqueamento, deixando os pedaços por 3 minutos em água bem quente seguido por 3 minutos em água gelada. Escorra, coloque em vasilhames próprios para congelamento. Descongele em temperatura ambiente ou diretamente ao fogo durante o preparo do prato. Pode ser mantido em congelador por até 10 meses. A raiz também pode ser usada no preparo de conservas (picles), que podem ser conservados por até 12 meses

Fonte: Embrapa Hortaliças

Cultivo:
O Nabo pode ser cultiva em todo o Brasil. Na região Sul de fevereiro a novembro, no estado de São Paulo e sul de Minas Gerais de março a outubro abril a julho nas demais regiões.
O modo de plantio mais utilizado no país é o direto. Mas em algumas regiões, os produtores semeiam em viveiro para transplante posterior.
Preparar bem o canteiro levantando-o 15 cm de altura. Usar 300g de adubo NPK de uma fórmula comercial ou 1.5Kg de esterco bem curtido para cada 10 metros quadrados de canteiro. Misturar bem. Plantar direto deixando 30cm entre linhas numa profundidade de aproximadamente 1 cm. Cobrir com solo leve ou com serragem fina.
Arrancar as plantas mais fracas quando estas atingirem 10cm de altura, deixando 10 cm entre plantas.
A colheita do nabo é realizada entre 60 e 80 dias depois da semeadura. Não deve-se atrasar muito a colheita, pois as raízes podem se tornar lenhosas.





Imagens de cultivo: ISLA
Informações Adicionais

Informações Adicionais

Peso líquido em gramas 2.5
Unidades na embalagem 1 Envelope com sementes
Fabricante Toca do Verde
Número aproximado de sementes na embalagem 175
Produto Semente
Hortaliças Beterrabas e Rabanetes
Nome botânico Raphanus sativus var. acanthioformis
Nome popular Nabo japonês
Regiões Próprias para o Cultivo Centro-oeste, Nordeste, Norte, Sudeste, Sul
Clima Tropical
Luminosidade Sol Pleno
Altura da planta 45 a 60 cm
Espaçamento 22 a 30 cm entre plantas
Cor dos frutos Branco
Cor da folhagem Verde
Época de plantio Inverno, Outono, Primavera
Características Frutífera, Raízes comestíveis
Prazo de Postagem (dias úteis) N/A
Comentários

Você também poderia estar interessado

Calcule o Frete

Informe o CEP de destino para calcular o valor da entrega.

Quem comprou este produto, comprou também: